Linha do tempo com os principais momentos de Keiko Ota

Linha do tempo - Deputada federal Iolanda Keiko Miashiro Ota

Foto: Chico Ferreira

Semeando o perdão, colhendo a paz.

 

Iolanda Keiko Miashiro Ota, ou Keiko Ota (Olímpia, 28 de setembro de 1956), é uma política brasileira.

Sua trajetória política teve início em 2010, sendo eleita a primeira mulher nikkei para deputada federal pelo Estado de São Paulo com 213.024 votos e re-eleita nas eleições de 2014 com 102.963 votos.

Formada em Direito pela Universidade de Mogi das Cruzes , casada há cerca de 30 anos com o vereador Masataka Ota, é mãe de Ives Ota (garoto assassinado aos 8 anos pelos seguranças da loja, em 1997), também de Ises e Vanessa.

Instituto Ives Ota

Depois da morte de Ives Ota, o casal Keiko e Masataka criou um instituto que leva o nome do filho. A ONG realiza palestras e acolhe famílias e vítimas de crimes violentos.

Deputada federal

Eleita a primeira mulher nikkei para deputada federal com 213 mil votos. Ela candidatou-se com o intuito de lutar por leis mais duras de crimes contra a vida.

Re-eleita Deputada federal

Implantou a Patrulha Maria da Penha no município de Suzano (SP), a primeira do estado de São Paulo e referência na proteção dos direitos da mulher.

Autora da Lei 13,285/2016

É autora da Lei 13.285/2016 que determina que todos os processos que apurem a prática de crime hediondo tenham prioridade em todas as instâncias da justiça.

Recursos R$ 15 Milhões

Desde o primeiro mandato, enviou mais de R$ 15 milhões em recursos para saúde, infraestrutura, segurança e assistencia social para o Estado de São Paulo.

Dia Nacional do Perdão

É autora do Dia Nacional do Perdão, instituído em 30 de agosto.