Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas é celebrado em todo o País

Data refere-se a tragédia de Realengo, quando 12 estudantes foram assassinados por um ex-aluno no Rio de Janeiro, em 2011

Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas é celebrado em todo o País

Muitas vezes quando assistimos as notícias que retratam a violência no mundo nos chocamos com a ingênua sensação de que isso está longe de nossa realidade.

Infelizmente não é assim. No dia 7 de abril uma grande tragédia comoveu o País e o mundo.

Numa manhã comum de outono, em 2011, 12 estudantes foram assassinados por um ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo (RJ). De acordo com a polícia, o atirador, que cometeu suicídio após o atentado, provavelmente foi vítima de bullying. E segundo especialistas, era provável que o ex-aluno, Wellington Menezes de Oliveira, também sofria de distúrbios mentais graves.

Movida pela comoção nacional e por ver de perto a tristeza das mães que perderam seus filhos nessa tragédia, propus na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL 5826/2016), que inclui na Lei de Diretrizes Básicas da Educação Nacional (LDB), o combate a violência e a promoção de cultura de paz entre as incumbências dos estabelecimentos de ensino.

Isso significa promover medidas de conscientização, de prevenção e de combate a todos os tipos de violência, especialmente a Intimidação Sistemática (Bullying), no âmbito das escolas.

O Plenário do Senado deve analisar a proposta (PLC 171/2017) ainda neste mês.

Este é o segundo ano em que se celebra o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas. A Lei 13.185 que entrou em vigor em fevereiro de 2016, instituiu o Programa de Combate à Intimidação Sistemática em todo o território nacional.

Não podemos continuar de braços cruzados vendo nossas crianças se perderem em problemas que podem ser assistidos e solucionados.

Se dermos a devida atenção e apoio necessário, poderemos estar salvando não só uma vida, mas solucionando um problema que pode tomar grandes proporções.