Keiko Ota preside audiência sobre cobrança de taxas de corretagem

Deputada defendeu devolução de 95% do valor do sinal ao consumidor que investiu em imóvel

Keiko Ota preside audiência sobre cobrança de taxas de corretagem

Em 28/9, a deputada federal Keiko Ota presidiu a audiência pública sobre o  Projeto de Lei 3475/2015 referente à cobrança de taxas de corretagem de imóveis na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços(CDEICS). “Tratamos sobre as regras de cobrança das taxas de corretagem de imóveis novos e em construção”, explicou Ota.

Além da corretagem, o debate também inclui a questão da retenção de arras, ou seja, o sinal dado para assegurar o imóvel. A proposta é de que 95% do sinal seja devolvido para o cliente e 5% seja retido pelo incorporadora. “Hoje, quando você dá esse sinal, ele não é somado no valor total do imóvel e no caso da impossibilidade de fechar o negócio, esse valor também não é devolvido”, resumiu a parlamentar.

A deputada destacou essa informação durante a audiência e acrescentou que tal proposta beneficia não só o comprador, mas também a incorporadora e o corretor.

Acompanhe este site para mais informações.