Keiko Ota prestigia princesa Mako no Festival do Japão

Exposição sobre Hiroshima e Nagasaki e celebração dos 105 anos da Associação Kagoshima do Brasil também foram destaque

Keiko Ota prestigia princesa Mako no Festival do Japão
O lugar certo de se estar. Esta foi a sensação da deputada federal Keiko Ota durante o 21º Festival do Japão, ocorrido na Expo Imigrantes em São Paulo. “Os 110 anos da imigração japonesa tiveram seu ponto alto no Festival do Japão”, comenta.

A principal atração da edição 2018 do Festival foi a presença da princesa Mako, em razão dos 110 anos da imigração japonesa ao Brasil. Keiko Ota foi a única mulher nikkei a sentar-se perto da princesa Mako na abertura do Festival.

A deputada federal também trouxe de Brasília a exposição Horishima e Nagasaki – do Fim ao Renascimento para o Festival. Além disso, Keiko foi convidada de honra nos 105 anos da Associação Kagoshima do Brasil, em companhia do governador da província de Kagoshima, Satoshi Mitazono.

“É necessário elogiar também os vermelhinhos”, ressalta Ota, em referência aos voluntários operando na organização do Festival. Para a deputada federal, o 21o Festival do Japão foi diferenciado, desde a complexidade de recepcionar as caravanas até a logística alterada em virtude dos protocolos das visitas oficiais.